Polícia Civil de Piripiri recupera celulares roubados | Piripiri 40 Graus | Noticias de Piripiri

Polícia Civil de Piripiri recupera celulares roubados


A Polícia Civil do Estado do Piauí, através da equipe da 4a Delegacia Regional de Piripiri/PI, desencadeou nos últimos dias operação policial visando recuperar e restituir à vítimas dezenas de celulares furtados e roubados na cidade nos ultimos meses. O nome da operação "GRAHAM BELL" foi escolhido em homenagem ao inventor do telefone, o inglês Alexander Graham Bell.

"Depois de um minucioso trabalho investigativo e de levantamento realizado pela equipe de investigação da Polícia Civil de Piripiri, já neste primeiro momento foi possível recuperar, de uma só vez, quase três dezenas de celulares furtados e roubados em nossa cidade nos últimos 6 meses, em alguns casos sendo possível inclusive a identificação dos autores dos crimes e de receptadores que adquiriram os aparelhos e posteriormente os repassavam para terceiros", afirmou o Delegado Regional e também do 1o Distrito Policial de Piripiri/PI, Dr. Jorge Terceiro.
Na manhã de 09.03.2017, dezenas de vítimas compareceram no Complexo de Delegacias de Piripiri para receberem seus aparelhos e agradeceram ao trabalho desenvolvido pelo órgão policial."Esse trabalho de levantamento e investigação só foi possível graças à conscientização da população em fazer o registro do Boletim de Ocorrência na Delegacia com todos os dados, registro esse de suma importância para nosso trabalho" afirmou o Delegado do 2o Distrito Policial, Dr. Ricardo Oliveira.
A Polícia Civil de Piripiri informa à população que esse trabalho será realizado de forma contínua visando a recuperação e devolução do máximo possível de celulares às vítimas. Mas os Delegados fazem um alerta para que a população não adquira aparelhos celulares de procedência duvidosa, sem nota fiscal ou mesmo a caixa do aparelho."Orientamos a população no sentido de que evite adquirir aparelhos celulares de origem duvidosa, oferecidos por valores muito abaixo do de mercado e sem caixa e nota fiscal.
Nesses casos, quem adquire, além de ter o aparelho apreendido pela Polícia Civil, ainda corre o sério risco de responder a procedimento criminal junto ao Poder Judiciário por prática de crime de receptação culposa ou até dolosa, dependendo da situação". Conclui o Delegado Jorge Terceiro.

Com informações do R10.com

Notícias Relacionadas

Polícia 7473856758607578395

Postar um comentárioDefault Comments

emo-but-icon

Pesquisar

Facebook

Parceiros

item