Técnico do 4 de Julho pede para sair após eliminação | Piripiri 40 Graus | Noticias de Piripiri

Técnico do 4 de Julho pede para sair após eliminação

A eliminação do 4 de Julho em casa no primeiro turno do Campeonato Piauiense custou caro: o técnico Luís Miguel não vai mais comandar a equipe de Piripiri no estadual. A decisão foi tomada nesta quinta-feira, um dia depois da derrota para o Piauí de virada, por 2 a 1, na última rodada da fase de classificação do torneio. O resultado negativo fez o Colorado ficar fora das semifinais da Taça Estado Piauí. A campanha de Luís Miguel à frente da equipe teve 39% de aproveitamento (duas vitórias, três derrotas e um empate).

A saída de Luís Miguel aconteceu em comum acordo. Partiu, inclusive, de um pedido do treinador, deixando a presidência colorada livre da decisão.

- Pela manhã mandei uma mensagem para a presidência colocando o cargo à disposição e aceitaram. Houve a conversa. Infelizmente, a passagem não foi tão proveitosa quanto a primeira, mas saio de cabeça erguida e certeza de trabalho realizado. O legado que fica é um time que joga bem, tem qualidade e filosofia. Espero que o time possa fazer um bom segundo turno e sair vencedor. Agradeço a oportunidade dada, mas futebol tem dessas coisas. Não quero forçar uma situação. Tem dia que a bola não quer entrar - explicou Luís Miguel, que se despediu do elenco.

Em sua segunda passagem pelo 4 de Julho, a primeira foi em 2014, Luís Miguel não teve o mesmo desempenho. Enquanto há três anos ele levou o Colorado à final do returno em uma campanha arrebatadora, ficando com o vice-campeonato do turno, em 2017 o treinador não conseguiu vencer em casa. Na Arena Ytacoatiara, foram três derrotas em três jogos (contra Altos, Flamengo-PI e Piauí). Essa última a mais dolorida: uma virada que tirou o 4 de Julho da semifinal. O poder financeiro do clube diminuiu de uma temporada para outro, limitando a escolha do elenco.

A diretoria do Colorado vai ter um tempo até definir o próximo treinador. O 4 de Julho volta a jogar no dia 29 de março, quando começa o segundo turno. A saída de Luís Miguel foi a sexta queda de treinador do Campeonato Piauiense. Em pouco mais de 40 dias de competição, apenas o Parnahyba não trocou o comando da equipe. Todas as outras passaram por trocas.

Fonte: Globoesporte

Notícias Relacionadas

Esportes 5316487060330886136

Postar um comentárioDefault Comments

emo-but-icon

Pesquisar

Facebook

Parceiros

item