Em Piripiri, comunidade escolar mobilizada contra o Aedes Aegypti | Piripiri40Graus

Em Piripiri, comunidade escolar mobilizada contra o Aedes Aegypti

No dia 3 de Abril aconteceu a abertura da 6ª Semana da Saúde na Escola, no Centro Educativo Municipal Omar Rezende no bairro Floresta, cujo tema foi “Comunidade Escolar Mobilizada Contra o Aedes Aegypti!”, dando continuidade até o dia 7 de Abril nas escolas, 
Com o objetivo de fortalecer e sensibilizar a comunidade escolar sobre a importância da prevenção contra o mosquito Aedes aegypti, mantendo hábitos simples como limpar calhas, caixas d’água e recolher o lixo. As atividades de conscientização aconteceram por etapas. 
Primeira Etapa: O PSE reuniu-se com o setor de Vigilância Ambiental, onde foi repassado todos os bairros que mais tinham focos positivos da larva do mosquito, sendo denominados como prioritários, no mesmo dia foi confeccionado uma planilha, onde foi planejado quais agentes de endemias iriam ajudar nessa ação, expondo na escola os possíveis locais de criação do mosquito e quem iria ministrar a palestra. 
Segunda Etapa: A coordenação do PSE realizou comunicação com a direção de cada escola, explicando a ação e como seriam realizadas no ambiente escolar. Terceira Etapa: Realizou-se comunicação com a Unidade Básica de Saúde (enfermeiro, agente comunitário de saúde, dentistas, médicos). 
Quarta etapa: Execução das atividades com a participação de todos, foi trabalhado desde a Pré escola ao  Ensino de Jovens e Adultos(EJA) com confecção de cartazes, mural, pintura, vídeos ilustrativos dentro da sala, dramatizações com os ACS de cada UBS (para as crianças menores), palestras com pais e alunos, produção de textos, dentre outros, caminhada com carro de som com o spoot do Aedes, faixas, cartazes, panfletos da dengue, zica, chikungunya e os confeccionados dentro da sala de aula envolvendo os alunos, professores, enfermeiros, agente de endemia, para tentar sensibilizar a comunidade do bairro. 
Foi pedido aos alunos e pais que mantivessem seus quintais limpos e que, constantemente, verificassem os recipientes que armazenam água parada (vasos de flores, plantas e outros). Os alunos tiveram grande participação em todas as ações propostas e demonstraram maior interesse em cuidar do ambiente escolar e mantê-lo limpo para evitar problemas relacionados ao mosquito.
Na semana da Semana Saúde na Escola, conseguiu-se sensibilizar cerca de 2.500 escolares da zona urbana e rural, fora diretores, pais, professores, zeladores, enfermeiros e agentes comunitários de saúde.

Notícias Relacionadas

Saúde 1280919570260618223

Postar um comentárioDefault Comments

emo-but-icon

Facebook

Parceiros

item