Universitária é presa suspeita de vender drogas no alojamento de universidade no Piauí | Piripiri40Graus

Universitária é presa suspeita de vender drogas no alojamento de universidade no Piauí

Policiais militares do 4º Batalhão da Polícia Militar de Picos, 110 km ao Sul de Teresina, prenderam em flagrante nesta sexta-feira (21) uma estudante do curso de biologia de 22 anos suspeita de vender drogas dentro do alojamento da Universidade Federal do Piauí (UFPI) na cidade. 

A Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis e Comunitários, informou que após apurar todas as informações necessárias, irá tomar as providências cabíveis, sabendo que todos têm direito à ampla defesa e ao contraditório. De acordo com o tenente-coronel Edwaldo Viana, junto com a mulher foi preso também um homem de 26 anos que seria o responsável pela droga. Houve também a apreensão de um adolescente de 16 anos. “O homem era o dono do ponto de venda do entorpecente. A estudante comprava por um preço mais baixo e revendia dentro do alojamento da universidade. Ela fazia isso sempre e chegamos ao grupo depois de investigações", contou. 

Ainda segundo o comandante, com o grupo foram encontradas drogas e armas. “Foram dezenas de pedras de crack, um celular, facas e um revólver de calibre 22 de fabricação caseira. Havia também um vasto material para embalar as drogas. A prisão ocorreu por volta das 12h30 no bairro Parque de exposição”, afirmou. Os três foram encaminhados à Delegacia Regional de Picos para os procedimentos necessários. Universitária é presa suspeita de vender drogas no alojamento da UFPI 

Nota da UFPI 

A UFPI, por meio da Superintendência de Comunicação Social e da Coordenadoria de Comunicação Social, informam que a estudante do Campus Senador Helvídio Nunes de Barros, de Picos, e moradora da Residência Universitária, detida no bairro Parque de Exposições, prestou depoimento na Central de Flagrantes de Picos. A estudante está sendo acompanhada por uma psicóloga e uma assistente social do Núcleo de Assistência Estudantil do Campus. 
A Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis e Comunitários, após apurar todas as informações necessárias, irá tomar as providências cabíveis, sabendo que todos têm direito à ampla defesa e ao contraditório.

Segundo a diretoria do Campus, são realizadas vistorias periódicas na Residência Universitária, e não há registro de ocorrências desse tipo no local. Informa também que existe vigilância 24h e acompanhamento com psicólogos e assistentes sociais aos moradores da Residência.

Notícias Relacionadas

Polícia 1307440458719714208

Postar um comentárioDefault Comments

emo-but-icon

Facebook

Parceiros

item