Com maior taxa de suicídio do Brasil, Piauí ganha plano estadual de prevenção | Piripiri 40 Graus | Noticias de Piripiri

Com maior taxa de suicídio do Brasil, Piauí ganha plano estadual de prevenção

O Governo do Estado apresenta na manhã desta quinta-feira (24) o Plano Estadual de Prevenção ao Suicídio. No Piauí, foram 152 mortes em 2016, o que torna o estado com a maior taxa de mortalidade no país, com 7,6 por 100mil/habitantes.

Em entrevista cedida na TV Clube, o secretário de saúde do estado, Florentino Neto, comentou uma informação colocada pela apresentadora sobre Piripiri e a quantidade de ocorrências na cidade, citando um recente caso. Segundo o secretário, a cidade está entre o 6º e 7º lugar no estado, revelando não saber com precisão a colocação de Piripiri no ranking, mas deixando clara a preocupação as cidades que mais registram suicídios.

Para diminuir esses dados, estão sendo desenvolvidas diversas estratégias de prevenção ao suicídio e valorização à vida. Dentre elas o projeto lançado pelo governador Wellington Dias e pelo secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto.

O lançamento acontece no auditório da Associação Piauiense de Municípios (APPM) em conjunto com o Seminário Estadual de Prevenção e Posvenção ao Suicídio, que será realizado nos dias 24 e 25 de agosto, no mesmo local.

“O material foi produzido por pesquisadores e especialistas da área e prevê o conjunto de medidas que devem ser tomadas por diversas instâncias governamentais, municípios e sociedade civil para que possamos controlar o suicídio e conscientizar as pessoas sobre a importância do cuidado com a saúde mental”, comenta Gisele Martins, gerente de Saúde Mental do Estado.

O plano prevê a implantação de fluxos e protocolos de acolhimento e manejo de pessoas que tentaram ou cometeram suicídio para as redes de Atenção à Saúde (SUS), Educação, Segurança e Socioassistencial (Suas). Para isso, o governo investirá na qualificação dos profissionais dessas redes e demais atores intersetoriais que atuam diretamente na rede de cuidados a esses cidadãos.

Será disponibilizado um sistema de hotline, com atendimento em telemedicina para assistência psiquiátrica pelo Samu. A assistência será ampliada para todo o Piauí com a implantação de leitos psicossociais nos hospitais gerais de Picos, Floriano, Parnaíba, Oeiras e mais leitos em Teresina.

Campanhas educativas serão realizadas para conscientização da população em geral, dispondo de cartilhas com número de telefone e endereços de toda a rede assistencial do Estado, direcionamentos e explicações de como agir em certas situações. As campanhas também visam esclarecer sobre depressão e comportamentos autolesivos, ainda muito estigmatizados pela sociedade.

Notícias Relacionadas

Geral 4482407249591632298

Postar um comentárioDefault Comments

emo-but-icon

Pesquisar

Facebook

Parceiros

item