Marden Menezes propõe criação de programa de combate à depressão e prevenção ao suicídio | Piripiri40Graus

Marden Menezes propõe criação de programa de combate à depressão e prevenção ao suicídio

deputado estadual Marden Menezes (PSDB), ocupou a tribuna, ontem (1º), na volta aos trabalhos na Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi), para propor a criação de um programa estadual de combate à depressão e de prevenção ao suicídio no Piauí. O parlamentou requereu a realização de audiência pública para discutir o assunto, com participação do Poder Público, representantes das universidades federal e estadual, entidades não governamentais e comunidade em geral.

“O presente requerimento tem uma importância muito grande pela situação de saúde pública em que nós vivemos, hoje, no Piauí. Nosso Estado apresenta altos índices de suicídio em seu território com uma taxa 43% maior do que a média nacional. E eles estão, geralmente, relacionados a casos de depressão, é essa realidade que precisamos combater”, frisou Marden.

A proposta do deputado é que o governo crie uma rede de combate à depressão em todo o Estado, envolvendo órgãos públicos, principalmente, da Educação e Saúde, no que tange ao poder público Estadual e, se possível, envolvendo os municípios piauienses também. 

O deputado explicou ainda que a proposta da audiência é uma resposta aos anseios da população e lembrou de projeto de lei, de sua iniciativa, que instituiu, em maio desse ano, a Semana de Conscientização sobre a Depressão entre Adolescentes, Jovens e Adultos, como forma de conscientização para o problema. 
 
“Observando a repercussão desse projeto junto a sociedade e a quantidade de ligações e e-mails que recebemos de professores, educadores e profissionais da área de saúde, nós entendemos que é necessária uma discussão mais ampla e mais profunda a respeito desse tema de grande relevância para a população piauiense”, ressaltou Marden Menezes.

No documento, o parlamentar solicita que sejam convidados para participara da referida audiência, o secretário de Estadual de Saúde, Florentino Neto, o presidente da Fundação Municipal de Saúde, Silvio Mendes, o presidente do Conselho Regional de Medicina, do Conselho de Psicologia e representantes das universidades Estadual e Federal, de igrejas e entidades.  

Ainda durante a sessão de hoje, o deputado fez aparte junto ao pronunciamento do deputado Robert Rios (PDT), falando da grave crise econômica do Brasil e das medidas tomadas pelo Governo do Estado, que vão na contramão da responsabilidade fiscal, com a criação de cargos e pastas, o que acarreta novas despesas.

“O governo criou nove coordenadorias, todas com status de secretariais, parece-me que já há um projeto tramitando para criar uma agência reguladora que vai fiscalizar e regular as atividades dos servidores e das PPPs, como se nós não tivéssemos uma Ouvidoria, como se o Estado não tivesse a Procuradoria e uma série de outros órgãos de controle para fazer esse trabalho. Então, não dá para entender que filosofia é essa de gestão, finalizou Marden.


Notícias Relacionadas

Política 8593567204875058549

Postar um comentárioDefault Comments

emo-but-icon

Facebook

Parceiros

item